As consolas da próxima geração vão dar a oportunidade às editoras e estúdios de usar pela primeira vez Raytracing que permite criar reflexão, sombras, iluminação de uma forma muito mais realista.

Call of The Sea vai ser lançado para PC, Xbox One e Xbox Series X. Numa entrevista com Major Nelson, Tatiana Delgado, diretora do jogo, falou um pouco sobre as funcionalidades e características que o seu jogo pode tirar proveito na Xbox Series X.

“(…) o desempenho da Xbox Series X permitirá oferecer o jogo em 4K a 60FPS, aproveitando os ambientes ricos de jogos e fazendo a arte brilhar realmente.” Explicou Tatiana.

Call of the Sea Reveal Trailer

“Embora tenhamos um estilo de arte muito estilizado, estamos a dar uma aparência de nova geração, cheio de efeitos visuais e movimento na cena. Com o DirectX Raytracing, teremos a oportunidade de tornar a ilha ainda mais presente, quase a ganhar vida. Os jogadores terão a oportunidade de apreciar os ambientes impressionantes da ilha em belos 4K, permitindo uma maior imersão e uma experiência geral melhor.”

Outro ponto que Tatiana abordou foi o facto de que com a Series X não precisa de comprometer as suas escolhas entre framerate ou resolução – “O poder desse novo hardware permite-nos não comprometer o framerate e a resolução. Finalmente, podemos oferecer o melhor dos dois mundos aos jogadores da Xbox Series X!”

Call of the Sea vai ser lançado em dezembro de 2020, mas ainda não foi mencionado o dia específico.

O que acharam destes detalhes? Gostavam que mais jogos apostassem no raytracing? Deixem a vossa opinião nos comentários!