Jason Blundell, um dos principais criadores do popular modo de Zombies de Call of Duty, deixou a Treyarch após 13 anos.

Num comunicado publicado no Twitter, Blundell disse que o tempo que trabalhou no modo Zombies foi “especial” e agradeceu à comunidade de Zombies por ajudar a criar “memórias que irei apreciar para o resto da vida”.

Blundell começou a trabalhar no modo Zombies Nazistas – modo bónus de 1 a 4 jogadores no qual os jogadores lutavam contra ondas de inimigos – em 2007 no Call of Duty World at War (que seria lançado em 2008). World at War foi o primeiro jogo da série de tiro da Activision a apresentar um modo de Zombies, embora só seja possível o jogar com a campanha concluída. Este modo ganharia enorme popularidade nos jogos Black Ops da Treyarch, tornando-se um modo completo, separado da campanha e do multiplayer tradicional da série.

Call Of Duty Black Ops 4 - Zombies Mode Reveal Trailer

Blundell tornou-se co-diretor da Treyarch em novembro de 2016, depois de uma temporada a gerir os modos de Zombies dos vários jogos de Black Ops. A sua saída chega num momento interessante para a Treyarch, que deverá desenvolver o Black Ops 5 como o jogo Call of Duty de 2020, depois de problemas nos outros estúdios da Activision, Raven e Sledgehammer. Isto significa que a Treyarch terá apenas dois anos para fazer o seu próximo jogo de Call of Duty (em vez dos habituais três).

Em julho de 2019, a Activision divulgou um comunicado negando que Blundell teria deixado a Treyarch depois de surgirem relatórios alegando que ele teria sido demitido.

“Embora normalmente não comentemos rumores, como uma questão pessoal, consideramos importante abordar este assunto”, dizia o comunicado. “Jason não foi demitido e, aliás, ele continua a gerir as experiências de Zombies para o Black Ops 4. Além disso, Jason, juntamente com um punhado de desenvolvedores, está a trabalhar com a Activision para desenvolver novas oportunidades criativas”.

Meio ano depois, a saída de Blundell está confirmada. Ele ainda não anunciou o que irá fazer de seguida na sua carreira. Será um motivo de preocupação para a série de Call of Duty? Comente abaixo.