Com o aproximar da próxima geração, não é de admirar que tanto Xbox como Playtation, estejam a tentar cativar os seus milhões de jogadores a manterem-se na sua plataforma. Um dos trunfos que a Xbox apresenta, para além da retrocompatibilidade, é o ecosistema Xbox.

Numa entrevista à MCV, Matt Booty, Diretor das equipas da Xbox Game Studios, afirmou que quer que a Xbox seja mais que uma plataforma. Quer que seja um ecosistema, algo parecido ao PC.

À medida que os nossos jogos forem lançados no próximo ano, dois anos, todos os nossos jogos, tal como no PC, serão jogáveis nesse ecosistema de dispostivos. Queremos garantir que, se alguém investe na Xbox entre agora e a [Series X], eles sentem que fizeram um bom investimento e que estamos comprometidos com o ecosistema

A Xbox já nos mostrou um pouco do que nos espera da próxima geração com trailers de Halo Infinite e Senua’s Saga: Hellblade 2. Durante os próximos anos é muito provável que a Microsoft continue a lançar os seus jogos numa plataforma já estabelecida e com milhões de vendas como é a Xbox One. No entanto, não será de destranhar que seja também mostrado e publicitadas as capacidades extra que uma consola de próxima geração como é a Xbox Series X. Como já disse Phill Spencer:

A Xbox Series X é 8 vezes mais poderosa gráficamente que a Xbox One

Halo Infinite - E3 2019 - Discover Hope

Não é de estranhar este suporte à plataforma Xbox One no entanto, será interessante acompanhar a forma de abordar a indústria da equipa da Xbox. Estamos habituados a geração e ciclos de consolas finitos mas a Microsoft parece que pretende mudar isso e criar um ecosistema onde tanto Xbox One,Xbox One X, Xbox Series X e até PC, estão juntos como só um.

E tu estás entusiasmado com as próximas consolas? O que achas da Xbox Series X? Deixa o teu comentário abaixo!