Parece que a pandemia global de COVID19 só ajudou a aumentar as receitas da PlayStation, sendo que este é o melhor trimestre de sempre da empresa.

O primeiro trimestre do ano fiscal de 2020 da Sony (Abril-Junho de 2020) foi o melhor de sempre da PlayStation em termos de receitas, representado com 5,63 mil milhões de dólares. Durante o trimestre, a PS4 vendeu 1.9 milhões de unidades, elevando o total de consolas vendidas para 112.3 milhões.

Aqui podemos ver que a PS4 tem vendido cada vez menos, o que é normal no final da geração, embora o número seja superior aos 1,4 milhões do último trimestre, é significativamente inferior ao do mesmo período do ano fiscal passado (3,2 milhões). Relativamente à PS5, a Sony não falou muito sobre a próxima consola no relatório de receitas de hoje, mas reiterou mais uma vez que continua no bom caminho para o lançamento nesta época de férias.

O que mais impressionou foram as vendas de software foram as mais altas de sempre para a PlayStation, com 91 milhões de jogos vendidos (mais 83% do que no ano anterior), 74% das quais foram feitas digitalmente. Desse total, os jogos First Party atingiram 18.5 milhões, um número que inclui The Last of Us Part 2, mas não Ghost of Tsushima uma vez que não pertence a este semestre.

PlayStation Plus continua a ser um gerador de receitas fenomenal para a Sony, com o número de membros agora em 44.9 milhões – um novo recorde para o serviço. No final de contas, estes têm sido três meses muito rentáveis para a Sony, uma vez que a PlayStation está cada vez mais perto de perfazer 50% de todo o seu negócio.