No passado dia 27 de Abril, foram divulgados no YouTube vídeos com a jogabilidade, spoilers e até o final de The Last of Us: Part II.

Existiram rumores que a pessoa (ou pessoas) que fizeram esta divulgação indevida, eram empregados da Naughty Dog que estavam descontes com a forma como a empresa tratava os seus trabalhadores.

Já este ano Jason Schreier tinha publicado no Kotaku um artigo onde revelava o crunch imenso em que a Naughty Dog colocava os seus trabalhadores.

The Last of Us Part II - PlayStation Experience 2016: Reveal Trailer | PS4

Agora, via gamesindustry.biz, a Sony confirmou que já identificaram as pessoas responsáveis por divulgar o jogo. Também informaram que estas pessoas não estão de forma alguma ligadas à Sony Interactive Entertainment ou à Naughty Dog como indicavam os rumores.

A Sony não quis fazer mais quaisquer comentários indicando que este assunto ainda se encontrava sob investigação.

O que pensam sobre esta divulgação? Quais seriam os motivos para tal? Deixem a vossa opinião nos comentários!