Os jogos de Bethesda têm sido construídos com tecnologia que tem mostrado cada vez mais a sua idade ao longo dos últimos anos, e enquanto o grito de “basta usar um novo motor” ignora muitas das realidades do desenvolvimento de jogos, a empresa está a sugerir mudanças maiores para a sua próxima ronda de grandes aventuras de RPG.

A tecnologia da próxima geração está “otimizada para os vastos mundos que adoramos criar, com saltos geracionais não apenas em gráficos, mas também em CPU e streaming de dados”, diz Todd Howard da Bethesda num post de blog.

“Levou à nossa maior revisão do motor desde Oblivion, com as novas tecnologias a alimentar o nosso primeiro novo IP em 25 anos, Starfield, assim como The Elder Scrolls 6”.

The Elder Scrolls VI – Official Announcement Teaser

A Bethesda está prestes a ser uma subsidiária da Microsoft.

Ainda não são conhecidas as datas de lançamento de Starfield e The Elder Scrolls 6, mas tendo em conta esta aquisição, é provável que sejam só lançados para PC e consolas Xbox excluindo a PlayStation desta equação.

Também é provável que grande parte dos jogos da Bethesda sejam disponibilizados no Xbox Game Pass.

O que mais esperam dos próximos RPG da Bethesda? Estão entusiasmados com os próximos jogos? Deixem as opiniões nos comentários!