Yves Guillemot, o CEO da Ubisoft, enviou uma carta à equipa global da organização relativamente à pandemia COVID-19. É uma carta emocional em que Yves elogia as equipas pelas seus esfoços durantes este período extraordinário que está a acontecer em todo o mundo.

“Estamos agora numa pandemia, com efeitos de longo alcance nas nossas vidas diárias”, disse Guillemot na carta. “Neste momento excepcional, é essencial cuidarmos de nós mesmos e dos nossos entes queridos. A saúde e o bem-estar dos membros da equipa da Ubisoft são a nossa principal preocupação, e tomamos as medidas necessárias para garantir que todos vocês estejam seguros e obtenham o suporte certo com estas mudanças exigam”.

A Ubisoft está de momento a permitir que os seus funcionários trabalham a partir de casa, de forma a que fiquem seguros e saudáveis. Yves também afirmou na carta que espera que as equipas da Ubisoft aprendam com os estúdios da China. “A experiência dos nossos amigos chineses dá-nos esperança em mostrar um comportamento responsável e pedidas pró-ativas de saúde pública podem-nos ajudar a sair desta crise.”

Guillemot ainda afirma que não espera que esta crise tenha um impacto muito significativo na Ubisoft, dizendo que a organização tem “reservas suficientes” das quais poderá ajudar neste período. Yves também orgulha-se em trabalhar num setor da indústria que pode ajudar as pessoas a distraírem-se dos problemas do mundo e dos seus amigos através do “distanciamento social”.

Yves ainda diz que o “nosso negócio principal – jogos- permite-nos oferecer uma contribuição significativa a todos aqueles que atualmente procuram maneiras agradáveis de passar o seu tempo dentro das suas casas”.

Ubisoft E3 2019 Conference
E3 2019 da Ubisoft