• Plataformas: PlayStation 4, Xbox One
  • Género: Aventura, Plataforma
  • Lançamento: 16 setembro de 2020
  • Estúdio: Toys For Bob
  • Editora: Activision

A Activision, depois de muitos anos, traz-nos um novo jogo de Crash Bandicoot.

Promete que entres “de rompante numa emocionante aventura temporal com os teus marsupiais favoritos.O Neo Cortex e o N. Tropy voltaram ao ataque e estão a lançar uma ofensiva contra todo o multiverso! O Crash e a Coco estão aqui para salvar o dia ao juntarem as quatro máscaras quânticas para dobrar as regras da realidade.Novas habilidades? Certo. Mais personagens jogáveis? Sim. Dimensões alternativas? Claro. Bosses absurdos? Certamente. Molho espetacular? Podes apostar os teus jorts. Espera, o que são jorts? Não são deste universo, certamente!”

Crash Bandicoot 4: It's About Time - Official Trailer

Características de Crash Bandicoot 4

  • Campanha de 10 horas (67 horas para 100%)
  • 107 níveis de campanha
    • 43 níveis de campanha
    • 43 níveis de campanha invertidos (N. Verted)
    • 21 níveis extra (flashbacks)
  • 5 batalhas com boss
  • Performance a 60fps (nas consolas Pro e One X)
  • Grafismo cativante

A mascote está de volta

Crash Bandicoot é a velha mascote da Playstation, surgiu pela primeira vez em 1996 com o primeiro Crash na PS1, para fazer frente aos jogos de plataforma da potência que era, e ainda o é, a Nintendo. No entanto, esta mascote foi desaparecendo da visão de muitos jogadores pois esta franchise foi comprada pela Activison, deixando de ser o clássico jogo de plataforma. E volta agora, relembrando os antigos jogos criados pela Naughty Dog.

crash na ps1

Depois de anos e anos à espera, Activision dá-nos uma verdadeira sequela de Crash Bandicoot. Depois do enorme sucesso da remasterização da trilogia, e de Crash Team Racing, a personagem favorita de muitos volta como uma verdadeira sequela, o quarto do jogo da franchise principal.

Depois da saída de Crash para a Activision, faltou sempre algo que nos lembrava da genialidade da Naughty Dog, e era no design do jogo. Os jogos que sucederam Crash 3 eram jogos de plataforma mais genéricos. Crash 4 traz-nos a jogabilidade excelente dos jogos originais, e também o seu design dos níveis e a dificuldade.

crash a atravessar portal

Os níveis do jogo são lineares tal como nos jogos originais, mas com uma parte de exploração. O design está focado em que o objetivo seja conseguir fazer 100% de cada nível, o que desbloqueia uma nova skin ao jogador. Conseguir completar o nível a 100% é uma tarefa que só é fazível aos jogadores ‘mestres’ de Crash Bandicoot. É um desafio satisfatório e que oferece um prémio (skin) no final que vale sempre a pena tentar.

Crash não está sozinho

Relativamente às personagens jogáveis, além de Crash e Coco, existem outras surpresas. Tawna é a nova personagem e a habilidade especial desta personagem é o gancho.Neo Cortex e Dingodile também são jogáveis e muito divertidos de utilizar. Os seus níveis não são tão fluídos pois as suas personagens não têm foco na agilidade, mas noutras habilidades. Estas personagens são jogáveis em certas partes da campanha, mantendo o jogo sempre com surpresas. Quanto aos níveis desta sequela, existe uma grande variedade.

crash e coco

Os níveis dito ‘normais’ estão no jogo, assim como os que incluem veículos. No entanto, foram adicionados novos tipos de níveis como novas mecânicas, utilizando as “Quantum Masks”. Estas máscaras alteram o gameplay de forma a oferecer sempre algo diferente.

O desafio está de volta

Os Crash Bandicoot clássicos são conhecidos pela sua dificuldade imperdoável e o objetivo de completar os níveis a 100%. Completar os níveis por si só neste jogo, já é um desafio, fazer os 100% é algo atingível só para os melhores e extremamente difícil.

O jogo oferece dois modos, o modo tradicional (Retro) que significa que se morreres vezes suficientes, recomeças o nível desde o início. E ainda o modo moderno, que conta o número de mortes, sendo que terás de ter menos de 3 mortes para fazer 100% do nível, o que é extremamente difícil.Crash Bandicoot 4 está cheio de conteúdo e coisas para fazer, existem os níveis da campanha principal, e as ‘side missions’ com novas personagens, cada um com segredos e puzzles.

crash a fugir

Conclusão: O retorno moderno de um clássico

Crash Bandicoot 4 é a sequela pela qual os fãs do Crash estavam á espera. Toys For Bob, surpreendemente, conseguiu captar o que de especial existia nos jogos originais, e modernizar o gameplay de forma a oferecer algo de novo. É um jogo obrigatório para os fãs do original, e recomendado para fãs de plataforma.

Pontos Positivos:

  • Campanha satisfatória
  • Performance estável (60fps na PS4 Pro)
  • Segredos interessantes
  • Incentiva à exploração
  • Rejogável

Pontos Negativos:

  • Dificuldade pode ser um problema para novos jogadores
  • História mínima e pouco interessante
  • Skins bloqueadas a não ser que completes 100% dos níveis

Nota: A chave do jogo para a PS4 foi gentilmente cedida à GameHub.pt pela Playstation Portugal, a quem desde já deixamos o nosso obrigado.

REVIEW GERAL
Excelente
9