No lançamento, a Google prometeu que um modo gratuito do seu serviço de jogos na nuvem Stadia chegaria em algum momento em 2020 para acompanhar o seu modo pago. Executivo da Google, Phil Harrison reduziu o período de espera para os próximos meses, na entrevista ao Protocol. No entanto a Google não especificou quais os meses que poderíamos esperar para receber esta versão.

Depois do lançamento do modo gratuito “Stadia Base” ser lançado, Harrison diz à Protocol que o Stadia pode ser acedido “sem dinheiro, sem ter que colocar uma caixa em tua casa, tu podes simplesmente clicar e jogar jogos incríveis diretamente do nosso data center”.

Google Stadia - Introduction and Reveal Trailer

Comparando isto com a situação atual do serviço, em que os clientes pagam através de três formas para aceder ao Stadia. Custa 129 dólares pela Edição do Fundador, 10 dólares/euros por mês (após um período de avaliação de três meses) para assinar o Stadia Pro, que oferece acesso gratuito a alguns títulos e precisa de comprar os jogos que tiver interesse no serviço. Além disso, o catálogo atual tem demasiadas ausências de títulos populares, tornando-se uma venda difícil para clientes novos e atuais.

Quase todos os lançamentos de consolas mostram os seus catálogos a melhorar ao longo do tempo e isso provavelmente também acontecerá com o Stadia; sendo que foram prometidos 120 jogos no serviço para este ano, incluindo 10 exclusivos.

Google Stadia vs. Nvidia Geforce Now

Unlike Stadia, NVidia's GeForce Now Cloud Gaming Actually Makes Sense

Mas há uma pressão adicional para competir no espaço de jogos na nuvem, pois o serviço concorrente da Nvidia GeForce Now acaba de ser lançado oficialmente nos EUA e na Europa esta semana a partir de US $ 5 por mês (com testes gratuitos ilimitados de uma hora que não exigem dinheiro). O argumento da Nvidia é muito mais simples e atraente do que o que a Stadia oferece atualmente – ou seja, se possuires uma rica coleção de jogos para PC, podes jogá-los diretamente no serviço, caso o título seja suportado.

Google quer que Stadia demonstre o “Poder da Nuvem”

Google sugeriu que o Stadia não quer ser uma forma de jogar na biblioteca de jogos que o utilizador já possui noutro lugar; planeia sim, introduzir novos jogos que só são possíveis com o poder da nuvem, bem como atualizações para jogos preexistentes com recursos exclusivos da nuvem.

Infelizmente, com o modo gratuito ‘Stadia Base’ a possivelmente meses do lançamento, os utilizadores existentes do Stadia terão que escolher onde gastam o seu dinheiro antes que mais jogos cheguem. O primeiro lote de assinaturas de três meses do Stadia Pro vai expirar dentro de poucas semanas.

Tens interesse num modo gratuito de Google Stadia? Comenta abaixo!