O chefe da divisão Xbox, da Microsoft, Phil Spencer, falou um pouco sobre o que esperar do futuro de Cloud Gaming. Com plataformas como Xcloud, Google Stadia ou GeForce NOW, vai existir uma competição feroz para liderar o mercado de jogar em streaming.

Phil Spencer, chefe da divisão Xbox, numa recente entrevista à Protocol, abordou um tema cada vez mais presente no mundo gaming: Cloud Gaming. Já é possível ter uma pequena demonstração do potencial que isto tem com por exemplo Google Stadia ou GeForce Now que já se encontram disponíveis para o público.

Vários dispositivos rodando Google Stadia
Google Stadia pode ser jogado numa grande variedade de dispositivos.

Nesta entrevista, Spencer não vê a Sony ou a Nintendo com capacidade para construir infraestrutura na nuvem que sirva de competição ao que outras empresas estão a investir. Para além disso, disse que a Microsoft já investiu bilhões de dólares nesta tecnologia.

Quando se fala sobre Nintendo e Sony, temos muito respeito por eles, mas vemos a Amazon e o Google como os principais concorrentes no futuro. Isso não é desrespeitar a Nintendo e a Sony, mas as empresas de jogos tradicionais estão um pouco fora de posição. Acho que elas poderiam tentar recriar o Azure, mas investimos dezenas de bilhões de dólares na nuvem ao longo dos anos. “

Phil Spencer, chefe da divisão Xbox.

Com isto o que Spencer está a querer dizer, é que a Microsoft está a preparar-se para a guerra das consolas que vai acontecer em data center. No passado, a Microsoft criou uma parceria com a Sony para colaborar no desenvolvimento de soluções de jogos na Cloud e streaming de conteúdos.

Mulher jogando no smartphone
Xcloud é o serviço de Streaming de jogos da Xbox.

Parece que o Cloud Gaming é cada vez mais uma realidade. Obviamente, ainda se encontra num estado longe da perfeição e barreiras gigantes para ultrapassar como as velocidades da internet ou o plafond que algumas operadoras impõem na utilização da internet. Mas a GameHub acredita que jogar na cloud será o futuro do mundo dos videojogos.

E tu o que pensas do Cloud Gaming? Acreditas que será o futuro do gaming? Deixa o teu comentário abaixo!