Após o desastroso lançamento de Ghost Recon Breakpoint, parece que a empresa francesa está preparada para fazer mudanças nas suas políticas de desenvolvimento, a começar nas equipas criativas.

Durante as duas últimas décadas, todos os jogos e IP’s (Propriedades Intelectuais) desenvolvidas pela Ubisoft, eram supervisionadas por uma equipa editorial presente em França. São cerca de 100 pessoas desde programadores, produtores e designers que ajudavam e aconselhavam o desenvolvimento dos jogos desde a narrativa até à escrita de código.

Como passavam por esta equipa todos os jogos da Ubisoft, ao longo dos anos foram sendo aplicadas mecânicas e funcionalidades de um jogo para o outro. Exemplo disso existe em Ghost Recon Breakpoint onde o sistema de diálogo é semelhante a Assassin’s Creed, e o sistema de loot é semelhante a The Division.

Muitos jogadores começaram a sentir-se frustrados com a repetição destas mecânicas (incluindo nós na GameHub) e depois das fracas vendas em 2019 de Breakpoint e The Division 2, a Ubisoft viu-se obrigada a adiar três jogos: Watch Dogs Legion, Gods and Monsters e Rainbow Six Siege Quarantine.

Watch Dogs: Legion: E3 2019 Gameplay Walkthrough | Ubisoft [NA]

Devido ao mau ano de 2019, a empresa francesa viu-se obrigada a reestruturar a sua equipa de supervisão como informaram em exclusivo à VGC:

Estamos a reforçar a nossa equipa de supervisão para ser mais ágil e acompanhar melhor as nossas equipas de desenvolvimento em todo o mundo, pois elas criam as melhores experiências de jogo para os jogadores.

Comunicado da Ubisoft
Grupo de pessoas a olhar para a fotografia
Equipa de Supervisão da Ubisoft em 2014

Outra informação pertinente que a VGC conseguiu recolher, é que esta mudança tem como objetivo a variedade de jogos que a Ubisoft apresenta. Num passado recente, depois de serem acusados de usarem mecânicas muito semelhantes entre os jogos, Yves Guillemot, CEO da Ubisoft, disse em Outubro que iriam fazer esforços para variar o catálogo.

Por último ficamos a saber que um jogo em desenvolvimento na Ubisoft Montreal (uma das principais subdivisões) foi cancelado e mais um conjunto de jogos, numa fase já mais adiantada de desenvolvimento, estão a ser “reconstruídos” para garantir que cada um seja variado.

E tu o que achas desta mudança na Ubisoft? Também tens a sensação que os jogos estavam a ficar demasiado semelhantes? Deixa o teu comentário abaixo!