Call of Duty: Warzone é o battle royale do momento, e oferece crossplay entre os jogadores da PS4, Xbox One e PC, mas parece que os jogadores de consola estão a desativar esta funcionalidade para evitar os cheaters vindos do PC.

A Infinity Ward, produtora do jogo, está ciente do problema no Warzone e está a trabalhar de forma para eliminar os cheaters do jogo.

No entanto, os esforços da produtora não estão a ser suficientes para os jogadores, pois estão a desativar o crossplay, principalmente porque os jogadores de consola são tantos, que é completamente desnecessário ter o crossplay com PC ativo.

Já sabemos que nas consolas é difícil, ou impossível, utilizar cheats pois as consolas são sistemas fechados, e uma das vantagens de sistemas fechados, é que dificilmente são hackeados de forma a utilizar cheats.

No entanto, PC sempre foi o oposto, tendo sempre uma certa facilidade em executar programas capazes de usar cheats capazes de oferecer uma vantagem enorme ao jogador que os utilize. E Warzone não é a primeira vítima, isto acontece desde os primórdios dos jogos online no PC, e em jogos modernos como PUBG e Apex legends.

O crossplay permite juntar os amigos em grupos de diferentes plataformas e jogar um com o outro, o que para jogos battle royale é uma grande vantagem, e significa que os jogos são preenchidos mais rapidamente, que no caso de Warzone é 150 jogadores por cada ronda. Caso este problema não seja resolvido de forma eficaz em breve, o crossplay deixa de ser uma ‘vantagem’.

Na nossa opinião, o crossplay entre PC e consolas poderia existir quando o jogador do PC utiliza um comando como input para jogar, pois jogar com o teclado+rato oferece de imediato uma vantagem enorme em precisão aos jogadores de PC, e os cheaters só pioram a situação. O ideal seria crossplay entre consolas (PS4 e Xbox One) e deixar de parte o PC, enquanto sofrer deste problema de cheaters, o que parece uma constante nesta plataforma.

Qual a vossa posição relativamente a crossplay? Comentem abaixo.