Cyberpunk 2077 era um dos jogos mais aguardados de 2020, mas o lançamento foi infestado por problemas de performance mais especificamente nas consolas base.

Devido a isso, a PlayStation retirou o jogo da PlayStation Store tendo oferecido reembolsos a todos os jogadores que assim entendessem. A Xbox mais tarde, apesar de não ter retirado o jogo da sua loja, via Twitter, também se mostrou disponível para reembolsar os jogadores que assim quisessem.

Apesar destes problemas, o jogo só em pré-vendas já tinha vendido 8 milhões de unidades tornando-o logo lucrativo desde o seu dia de lançamento.

Agora ficamos a saber que até ao dia 20 de dezembro, tendo em conta vendas físicas e digitais, já foram vendidas cerca de 13 milhões de unidades segundo revela o estúdio do jogo, CD Projekt Red.

A CDPR alerta que estes números têm já em conta os reembolsos pedidos pelos jogadores das versões físicas e/ou digitais.

Isto quer dizer que desde o seu lançamento a 10 de dezembro até ao dia 20, Cyberpunk 2077 conseguiu vender cerca de 5 milhões de unidades.

Apesar de um lançamento conturbado, a CD Projekt Red já prometeu que vai continuar a atualizar o jogo e que em janeiro e fevereiro, podemos esperar dois grandes patchs que visam resolver grande parte dos problemas que os jogadores têm reportado.

O último patch 1.05 chegou a Cyberpunk 2077 e podem consultar aqui as principais mudanças introduzidas.

O que achas destes números? Surpreendido? Deixa a tua resposta nos comentários!